Crescimento do Blockchain

 

Além de números globais e locais – como volume de negociações e de transações, número de contas criadas, notícias na mídia, quantidade de bancos implementando pilotos e produtos, número de países emitindo opiniões – existe a avaliação subjetiva do sentimento do mercado sobre um tema. Em números o blockchain vem claramente crescendo, mas como vemos isso na prática do dia a dia e na interação com outros players do mercado?

A Rippex foi convidada a participar como palestrante em alguns eventos de Fintech esse ano, o que nos permitiu ter um contato direto com diversos tipos de públicos com diferentes entendimentos sobre o tema das tecnologias financeiras descentralizadas. Assim, pudemos formar nossa opinião e estamos convencidos que o interesse sobre o blockchain vem crescendo e muito.

O primeiro foi o Expo Startups da CETELEM, onde participamos de um painel com outras startups de fintech de ramos diferentes como a Geru.

Depois participamos de um evento da Câmara de Comércio Brasil Canadá, onde éramos a única focada em blockchain.

Em seguida tivemos o prazer de participar do TechLeap, um evento voltado para inclusão financeira e interoperabilidade, com muita gente interessante a atuante no mercado de tecnologia. Nesse evento já vimos outras iniciativas de blockchain e participamos da criação de protótipos usando uma metodologia baseada em design sprint.

Veja a entrevista que demos antes do evento aqui:

techleap

Rafael e Jan no TechLeap

 

Ontem participamos do primeiro International Blockchain Hackathon Brazil, evento organizado pelo blockchain center brasil, dedicado à criar soluções baseadas em blockchain. A casa estava cheia e os participantes muito interessados. Apresentamos nossa visão sobre o futuro da “internet dos valores” e vimos apresentações da Foxbit, IBM, e OriginalMy, todas de alta qualidade. A nossa apresentação, além de vários conceitos gerais para entendimento do cenário da internet dos valores, contém alguns exemplos práticos para desenvolvedores iniciarem seus estudos sobre o ripple. Os códigos estão em nosso repositório: https://github.com/rippex/ripple-node-examples – fique à vontade para clonar, usar e melhorar.

No mês que vem estaremos no Web.br, maior conferência sobre internet do brasil, promovida pelo W3C, no qual abordaremos, através de um workshop, o tema da interoperabilidade e da internet dos valores como complemento da internet das coisas.

Enfim, esperamos ver esse ritmo acelerar ainda mais, para atingir parcelas significativas de várias indústrias e que os benefícios do blockchain fiquem cada vez mais claros. Que passe o hype, que chegue a nova realidade.